Silêncio, novo álbum de Nilson Dourado

 “Silêncio” é um álbum de camadas, maturado em fogo lento, na alquimia do tempo sem tempo.

Nilson Dourado

Nilson Dourado é músico, multi-instrumentista e compositor nascido em São Paulo e residindo em Sintra, Portugal desde 2011.

Se aproximou da música desde menino, pela voz do pai que cantarolava boleros, samba-canção e toadas caipiras, e também pela cantoria do irmão, nos estilos de rock e MPB. Desde então, dedicou sua vida à música. Formou-se em viola caipira na EMESP – Escola de Música do Estado de São Paulo (antiga ULM Universidade Livre de Música – Tom Jobim). Ensinou a si mesmo a tocar clarinete, instrumento que se tornou mais uma paixão além da guitarra elétrica e do baixo.

Nilson também atua na produção musical, produzindo discos e trilhas sonoras para dança, teatro, circo e documentários no Brasil e em Portugal. Recentemente, integrou um projeto coletivo denominado “Rua das Pretas”, criado e apresentado pelo compositor Pierre Aderne. A Rua das Pretas é um encontro de amigos com vinho e canções, que visa ligar as pessoas através da música e cultura lusófona.

Rua das Pretas. Foto: Nicole Sanchez.

Seu primeiro álbum, “Sabiá”, lançado em 2012 de forma independente, apresenta-o como multi-instrumentista, compositor, arranjador e como cancionista. Um sabiá que encontrou o silêncio, e hoje voa ao nosso encontro.

“Trata-se de um álbum de canções que convida a uma escuta fora deste frenesi dos dias atuais, onde de uma maneira geral não há tempo para escutar, contemplar. Silêncio convida a ouvir para fora e olhar para dentro sem perder de vista o horizonte, as estrelas e o invisível. 

O Silêncio é a minha melhor versão. É onde as várias camadas de mim integram-se no ser que sou. É meditação, é corpo, alma, som, caminho de rio.”

O álbum tem a participação dos músicos Francisco Pellegrini, Walter Areia, Diogo Duque, Yedo Gibson, Raquel Reis, Susana Travassos, Tiganá Santana e Marília Shanuel. A gravação é de Sérgio Milhano do Ponto Zurca, feito em Almada. A captação de imagens feita pela Helena Gonçalves durante as sessões de gravação e então o belíssimo vídeo de apresentação da campanha.

A ilustração é da artista espanhola Elia Mervi. Uma arte que, apesar do silêncio, é como se possuísse voz. Uma serena voz, como a de Nilson Dourado. 

Neste domingo, 24 de Outubro às 19:30 (Portugal), 15:30 (Brasil) e 20:30  (Espanha) não perca a apresentação de Nilson Dourado, com músicas dos seus álbuns “Sabiá” e “Silêncio”, além de um repertório especial, que inclui Tom Jobim, Caetano Veloso, Dorival Caymmi e Milton Nascimento. 

O concerto vai acontecer no Shamballah Yoga Retreats (Fontanelas) em formato presencial, e também online. Para participar basta se inscrever no link abaixo, e colaborar com a quantia desejada:

https://forms.gle/45rbEA6ZhohDrabt8

Para apoiar a campanha de financiamento de “Silêncio”, acesse este link.


Arte da capa: Elia Mervi.